Os Imortais
Okina conseguiu destruir Sunagakure, tornando o vilarejo um só com as suas origens, as areias profundas do deserto. O mesmo aconteceu em Kirigakure no Sato, onde a entidade afundou a vila no oceano que o cercava. Porém, ao tentar acabar com Konoha, a inimiga da humanidade falhou sendo impedida pelos novos salvadores do mundo. Abençoados por Hagoromo, os ninjas Mako e Mordred conseguiram selar a adversária criando uma segunda lua pairando sobre o planeta. Passadas algumas semanas, uma seita antiga se reuniu procurando o local onde poderiam ressuscitar Jashin, um deus antigo. Liderados por uma mulher capaz de ouvir a voz do deus, os seguidores subiram a Cordilheira dos Deuses e encontraram uma rocha cheia de selamentos frágeis e acabaram assim liberando um novo inimigo que se diz ter muitos nomes: Kami-sama, Jashin-sama e Shaka-sama. A nova divindade absorveu os poderes da lua onde Okina foi selada e transformou-se totalmente, porém, uma quantidade estranha de chakra vazou e espalhou-se no planeta inteiro.O novo inimigo da humanidade marcou três vilarejos: Konoha, Iwa e Kumo. Mas quais são seus verdadeiros planos? E quem é a pessoa que despertou depois de muitos anos?
.
.
.
.
.
Últimos assuntos

Convidado


19/7/2018, 10:47
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações

<

[TREINO] ROKU

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[TREINO] ROKU - em 9/3/2018, 14:49

----

_______________________

Status
Código:
HP:375/375
CK:475/475




FICHA
BANCO
CJ
MS
CQ
MF
avatar
Re: [TREINO] ROKU - em 16/3/2018, 23:51

CAP. I - O VALOR DA ANTIGA SABEDORIA

Dia inusitado para se fazer algo diferente, o céu rugia em revolta como se a tormenta estivesse chegando, Elion aspirava o oxigênio empoeirado que existia nas montanhas rochosas. - Que tal utilizar seu tempo vago para algo útil – falou a voz que atormentava e penetrava sua cabeça constantemente, junto a sua cicatriz que ardia em fogo. Elion foi diagnosticado com esquizofrenia há alguns anos, mas, sabido que uma entidade adentrou seu corpo durante uma série macabra de ritual a Jashin, já estava acostumado a perturbações como essa. - Você lembra que lhe falei que posso ser uma fonte inesgotável de conhecimento não é? - a voz mantinha um tom misterioso  -OK! - falou Elion - o que você tem para mim hoje? - Ahhhh...- falou a voz – Com sua habilidade atual você não está preparado para enfrentar o pior dos Chunins e muito distante de saber dos mistérios que rodeiam esse mundo, eu posso lhe ajudar com isso a acessar informações que talvez nunca tenha imaginado – A voz concluiu com uma breve risada – O que preciso fazer ? - perguntou calmamente, o assunto lhe interessava – Existe uma seção na biblioteca de IWA que contém um livro chamado “Sabedoria da velha cosmologia – Mundo que Jamais você viu”, esse livro foi muito importante na época em que vivi e a vila da pedra é uma das poucas que possuem um exemplar dela, por isso não será tão fácil ter acesso já que ela se encontra em umas das seções reservadas, Boa Sorte jovem Ninja – terminou de falar a voz, em tempo que Elion rumava em direção da biblioteca.

A biblioteca de Iwagakure no sato, tinha um formato padrão, e não fugia da mesmice, quando estudante da academia, tinha ido até o local pouquíssimas vezes, pois, o ambiente parecia tedioso o que fazia Elion perder o interesse de permanecer no local, mas era inegável que uma biblioteca era uma fonte quase inesgotável de conhecimento e isso certamente fazia o fogo de Prometheus arder em seu interior. Logo na entrada podia ver a infinitas mesas postas, mas era irônico que existiam muito mais cadeiras que pessoas ali dentro, isso era positivo pois cada passo a frente de seus colegas e amigos o colocariam em vantagem no campo de batalha. Cruzou a biblioteca até chegar na secção reservada, porém sabia que apenas chunins para cima poderiam entrar ali, ao tempo que a porta era guardada por uma velha bibliotecária que certamente não o deixaria entrar. Elion se aproximou da entrada e disfarçadamente começou a mexer nas estantes mais próximas esperando um momento para conseguir entrar no local. Então olhou por uma das janelas e viu o céu negro se formando e teve uma brilhante ideia, foi até um dos corredores e empurrou uma das prateleiras que acabaram por derrubar outras três prateleiras, velozmente se esconde outro corredor quando escuta os berros a bibliotecário. - Malditas Crianças!!! - a tempo que escutava suas passadas – Quantas vezes vão derrubar as prateleiras!!!! - O ódio em sua voz era notável, Elion tinha que aproveitar o momento para entrar no local, e com sua velocidade sem que ninguém percebesse consegue adentrar a seção.

O Local era menos iluminado que a outra ala da biblioteca o que tornava o local mais lúgubre, a missão era achar tal livro, porém, seria uma árdua tarefa em vista que o local era repleto de livros, o que faria? já que a bibliotecária não ficaria a vida toda arrumando a bagunça que fez na sala anterior, se acalmou e raciocinou – Bem, lembro que na academia o professor falou que os livros eram separados por gêneros e organizados por autores... Mas não faço ideia quem tenha escrito o livro – pensou Elion desanimado – Por que não tenta procurar na seção de sabedoria antiga? - a voz falou em sua cabeça – Estava pensando nisso... - retrucou Elion asperamente - Ahh claro que estava – treplicou jocosamente – Depois procure por Percival Lúdico – A voz foi desaparecendo ao passo que a palavras lúdico era pronunciada. Seguindo os conselhos demorou alguns minutos para achar o livro. A capa era dura e as páginas amareladas, se o livro realmente tinha um conteúdo tão magnífico não sabia, porém era obvio que fazia décadas ou seculos que o livro não era manuseado, começou a folhear as páginas viu alguns títulos curiosos como “Chakra e a sua essência, a glândula pineal e os portais para outras dimensões” realmente existia conteúdo para uma vida inteira e certamente em uma noite não terminaria de ler, o livro era realmente pesado agora precisava sair da biblioteca com ele, rapidamente chegou a porta e viu que a bibliotecária ainda estava ajustando a última prateleira e saiu da seção calmamente, agora precisava passar pelo balção da recepção e se tentasse alugar o livro certamente irão ver que se tratava de um livro restrito, então sabia que precisava enganar quem estava no balção, olhou para os lados e viu uma kunoiche se levantar da mesa e indo em direção da saída e viu que em cima da mesa em que estava tinha um livro tão grande quanto ao que carregava, sentou no lugar em que estava e ocultou o livro que carregava consigo ao passo que pegou o livro e foi em direção da recepção. Na recepção Roku manteve a postura e falou com voz firme:

-Desejo pegar esse livro – colocou o livro em cima do balção, que por si só fez a madeira ranger com seu peso – Plantas medicinais de todos os tipos seus benefícios e malefícios? - falou o recepcionista – Isso – respondeu Elion, ao tempo que os dois permaneceram se olhando até o homem tornar a falar -  preciso da sua identificação – Elion então se despertou e lhe entregou – Deve ser devolvido em 30 dias – Respondeu. Em seguida perguntou a ele se poderia começar a leitura na biblioteca e eu homem respondeu que não teria problemas, porém que ficaria aberto mais 30 minutos, agradecendo voltou ao local onde estava o seu livro e o trocou, com isso poderia passar pela porta sem ser abordado pelo recepcionista, e ali permaneceu até o homem avisar que o expediente estava se encerrando e com o livro em mãos saiu da biblioteca e foi para sua casa.

Elion passou dias atrás de dias lendo o livro com comentários da voz que sempre tirava eventuais duvidas que tivera ao longo da leitura, era incrível como a voz podia saber de tanto, parecia que ele havia escrito o livro em si, mas isso continuaria um mistério que, quem sabe um dia seria revelado.  O livro trazia informações básicas de formas de aumentar sua resistência, velocidade e taijutsus, além de formas de criar venenos, essencial para seu fim. Realmente era uma fonte incrível de sabedoria, o livro também possuía dicas incríveis para aperfeiçoamento do chakra da compatibilidade com usuários de ninjutsu e formas eficientes de evitar problemas e manter a calma no campo de batalha. E com isso passou a praticar diariamente combinações de venenos para causar mais danos em campo de batalha, além de seus experimentos, fez diversas combinações e manipulações ósseas que sua KG permitia, treinou sua resistência e força, com grande intensidade conseguindo destruir grandes quantidade de pedras nas rochosas onde treinava. Agora aguardava novas missões para colocar seu conhecimento em prática.
1 ponto em Stamina, 1 ponto e 1 Velocidade Conhecimento Toxicológico (1) Total de 1342 caracteres

Conhecimento Toxicológico (1)
Tipo: Treinável.
Descrição: Alguns personagens desenvolvem ao longo de sua vida conhecimentos sobre venenos em geral, sabendo como funcionam e como se livrar deles, podendo também desenvolvê-los com facilidade.
Bonificações: Permite a criação de venenos e conhecimento a cerca dos mais famosos e comuns.

Jutsus utilizados

Shikotsumyaku
Descrição: Shikotsumyaku é a kekkei genkai do extinto clã Kaguya, que dava a eles a habilidade de manipular suas próprias estruturas esqueléticas (seus osteoblastos e osteoclastos). Ao infundir chakra ao cálcio, eles podem manipular o crescimento e as propriedades de seus ossos como bem quiserem. Essa habilidade parece ser rara entre os membros do clã, já que Kimimaro era o único a possuí-la entre seu clã inteiro.

Aparentemente, essa habilidade dá ao usuário uma estrutura óssea única, já que quando Kimimaro estava muito doente, Kabuto Yakushi alegou que havia muita pouca informação sobre seu corpo para dar qualquer tratamento médico. Após injetar o DNA de Kimimaro em si mesmo, Kabuto pôde ter acesso a essa kekkei genkai que ele usa através de um clone de Kimimaro, que emerge da base de sua cobra do umbigo. As principais capacidades do Shikotsumyaku são permitir que o usuário manipule tanto a velocidade do crescimento dos ossos como também o local dos depósitos de cálcio. Isso permite criar armas de ossos que podem ou sair de qualquer parte do corpo ou serem puxadas e usadas como armas de mão, e até mesmo atirar pedaços dos ossos como projéteis de longo alcance. Qualquer osso que é removido do corpo se regenera imediatamente, assim como a pele que é danificada na remoção dos ossos. Usuários podem aumentar a densidade dos ossos criados, tornando-os mais fortes do que aço. Isso não só torna as armas criadas mais poderosas, mas também torna o corpo virtualmente indestrutível; os ossos podem até mesmo suportar uma lâmina infundida de chakra, que é geralmente suficiente para cortar qualquer coisa.

Pela demonstração dos dois únicos usuários dessa habilidade, Kimimaro e Kabuto, várias técnicas possuem nomes de flores. Muitas delas são também danças de espada baseadas em taijutsu, que são usadas para luta corpo-a-corpo e defesa. Porém, como Kimimaro demonstrou, os ossos podem também crescer a um volume muito grande, e provavelmente crescerem por cada um, como uma forma de um ninjutsu, e que ele pode emergir de qualquer um desses ossos.

Orochimaru cobiçou muito essa habilidade, afirmando que a kekkei genkai dava ao usuário uma estrutura óssea impenetrável, que pode resistir a qualquer tipo de ataque físico. Além do mais, se um usuário partir para a ofensiva, ele pode instantaneamente tornar seu corpo na lança mais afiada. O Shikotsumyaku é considerado como a habilidade suprema de taijutsu, fato que é mantido em alta consideração.

Status

200/200
400/400

_______________________

Status
Código:
HP:375/375
CK:475/475




FICHA
BANCO
CJ
MS
CQ
MF
avatar
Re: [TREINO] ROKU - em 17/3/2018, 00:06

@

_______________________

avatar
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
Re: [TREINO] ROKU - em 22/3/2018, 18:33

CAP. II – Vontade Intensa

A luz começa a banhar a vila da rocha, e Elion Addonai acordava junto ao alvorecer – ora, ora, tão rápido esse sono – pensou quando observava os primeiros feixes de luz invadir o seu quarto, uma ligeira espreguiçada e estava de pé, caminhou até sua caixa postal e nada encontrou em seu interior – Bem, acho que não será hoje que farei alguma missão – concluiu contemplativamente, enquanto coçava as costas e dava um breve bocejo.

Ficou sentado nas rochas observando a vila acordar aos poucos, os vizinhos, as crianças e os comerciantes. Entediado de ficar ali se levantou e foi caminhar entre as lojas -Dia- falava os mercadores quando avistavam Elion caminhar entre as quitandas, não tinha muitas coisas que interessavam a ele, porém um livro lhe chamou a atenção, intitulado “Taijutsu através dos seculos”, o título parecia apelativo, mas pensou -Que mal poderia me fazer- e comprou um exemplar, continuou dando mais algumas voltas pela vila até que decidiu retornar para casa.

O meio dia havia chego e estava terminando os preparativos do almoço quando uma pequena ave pousou em sua janela – Olá, amiguinho- disse Elion alegremente - tome aqui – concluiu jogando um pedaço de pão no chão, o passarinhou saltou da janela e soltava alguns pios de felicidade. Elion adorava a vida e a natureza, apesar de viver em um deserto rochoso inóspito.

O almoço passou e após um breve descanso, precisava retomar suas rotinas de treinos, Elion era um Kaguya, um dos poucos remanescentes do seu clã, suas habilidades em taijutsu e sua velocidade, realmente eram anormais, sua KG o shikotsumyaku dava a eles a habilidade de manipular suas próprias estruturas esqueléticas. Ao infundir chakra ao cálcio, ele consegue manipular o crescimento e as propriedades de seus ossos como bem quer, tornando seu taijutsu praticamente supremo no campo de batalha. Após colocar suas roupas de treinamento partiu para o lesta da vila, deseja melhorar seu taijutsu e sua força.

Fazia o calor típico nas rochosas com pouco vento e o clima extremamente seco, sentou-se e começou a ler o livro que havia adquirido mais cedo na vila “Taijutsu através dos seculos”, o livro era um tanto interessante, diversificava os muitos taijutsus existentes, e alguns métodos para treinamento, um deles particularmente nunca havia tentado, a meditação. O treinamento consistia em fechar os olhos e mentalizar lentamente os movimentos, ao passo que repetia esses movimentos mesmo com os olhos cerrados, o movimento deveria fluir com naturalidade ao passo que sentia a natureza e o mundo a sua volta. Não queria parecer um louco e olhou para os lados antes de iniciar, vendo que estava sozinho começou.

Seus olhos estavam fechados, fazia alguns movimentos mais simples, como tentativa de se acostumar com aquela situação. Algum tempo se passou e começou a sentir uma “estranha” sensação, sentia o seu corpo mais leve e sentia como se a circulação do sangue estivesse fluindo por todo o corpo – Que sensação – pensou e assustou-se ao mesmo tempo, quebrando a lógica da meditação. Obstinado recobrou sua postura, pacificou-se com essa energia e reiniciou os movimentos, a sensações de tilintar, comichão, formigamento e arrepios no couro cabeludo surgiram, bem como a sensação de vibração energética no topo da cabeça, como se a energia jorrasse em chuveiro. Aquilo era muito bom de fato, e se assustou quando abriu os olhos. A noite havia chego e nem sequer havia percebido, afinal ficou ali seis ou sete horas? Realmente o treino havia sido um tanto profundo como o livro afirmou. Calmamente recolheu seus objetos e foi em direção da sua casa.

Em casa, pensou – o dia ainda não acabou – foi até um dos quartos para se exercitar, ali tinha uma série de equipamentos bem rústicos de musculação, seu treino era voltado para ganhar força e com isso, iniciou seus exercícios. O treino era puxado, e levavam Elion quase a exaustão, porém com uma intensa vontade concluía série após série de exercícios, sentia seu sangue ferver e seu corpo pulsar, e essa era quase sua rotina diária. Após seus exercícios, corria em torno da vila para melhorar seu condicionamento físico.

-Ahhhhh – escutou um berro, quando terminava de contornar a parte externa da vila, estava fadigado pelo dia que se sucedeu, porém não podia deixar de ajudar alguém em perigo, rapidamente subiu uma das rochas para ter uma melhor visibilidade, vasculhou a porção de rocha até onde podia com seus olhos e tornou a escutar um novo grito mais a frente. Estava mais próximo e enfim avistou um pequeno estudante aos prantos.
- O que houve? - perguntou com ao pequeno, que continuava a choramingar estático no chão, Elion tentou tocar o garoto, mas sua mão lhe atravessou como se tocasse um fantasma, tudo era muito estranho, o que ocorreria? -Fantasmas?!- Pensou, quando zunidos surgiram, e no horizonte se erguia uma quantidade gigantesca de insetos, assustou-se pois não conseguiria vencer tamanha quantidade se viessem em sua direção, sem pensar duas vezes correu em direção da vila – Todos para dentro de casa – gritava ao tempo que a nuvem se aproximava, se surpreendeu, pois na vila não existia mais ninguém -Raios, o que está ocorrendo? – falou ao passo que avistou sua casa mais a frente, correndo como se a vida dependesse disso entrou em casa e rapidamente trancou todas as janelas, e ali ficou aguardando o impacto, porém nada ocorreu, abriu a fresta de uma das janelas e estava de dia e então finalmente pode entender, com cara de desgosto falou – É um genjutsu – e fazendo os ossos perfurarem a própria pele, conseguiu se despertar, devido a alteração do seu fluxo de chakra.

Estava ali parado no meio da rua, e escutava uma voz a gargalhadas – hahahahahaha, caiu direitinho – olhou mais uma vez e era Sora, uma antiga colega de classe, que vivia pregando peças em todo mundo, o sangue subiu a cabeça, Elion fez uma lança a partir do seu braço e esbravejava – Você me paga !!! - Sora havia engolido a risada e retrucava – Cade seu senso de humor Elion? - ao passo que tentava se desvencilhar de seu colega – Você ainda me paga ! - respondeu quando um velho amigo apareceu – hey velhinho, relaxa – Era Arno, outro antigo colega – Não pude deixar de vir aqui quando escutei esse estardalhaço – falou, no momento que Elion e Sora se olhavam com amargura – Você sabe como Sora é – terminou, Elion ainda revoltado falou – Saber eu sei, mas como um dia vou levar algo a sério sem saber se é alguma ilusão idiota ou não? - a pequena Sora respondeu – Bem, me desculpa ok? Estava apenas me sentindo entediada, as missões legais já foram distribuídas e te ver correndo me lembrou da academia, só isso – concluiu, Arno se aproximou dos dois e colocando as mãos nos ombros falou – Viu como tudo se acerta? Um dia ainda vão se casar – falou de forma firme, ao passo que Elion e Sora gritaram – Você está louco? Jamais vou me casar com essa coisa – com sorriso no rosto Arno parecia ter acertado a ferida dos dois – Viu até sincronizado vocês falam – se despediu dos dois e sumiu pelas ruas rochosas. Elion e Sora permaneceram ali se olhando, e logo se viraram um para o outro e cada um seguiu seu rumo.

Elion chegou enfim em casa, estava cansado, o dia foi pesado para ele, caminhando calmamente até o banheiro ligou seu chuveiro e tirou toda aquela poeira que cobria o seu corpo, ficou ali um tempo até se sentir relaxado o suficiente. Após o banho esquentou seu bule e comeu o Lamen como se não tivesse o feito o dia todo. E enfim podia dormir
Caracteres 1270
Requer 1 ponto em Taijutsu, 1 ponto em Força e Qualidade Durabilidade. Sou prodígio e ela torna-se 1 ponto.


Shikotsumyaku
Descrição: Shikotsumyaku é a kekkei genkai do extinto clã Kaguya, que dava a eles a habilidade de manipular suas próprias estruturas esqueléticas (seus osteoblastos e osteoclastos). Ao infundir chakra ao cálcio, eles podem manipular o crescimento e as propriedades de seus ossos como bem quiserem. Essa habilidade parece ser rara entre os membros do clã, já que Kimimaro era o único a possuí-la entre seu clã inteiro.

Aparentemente, essa habilidade dá ao usuário uma estrutura óssea única, já que quando Kimimaro estava muito doente, Kabuto Yakushi alegou que havia muita pouca informação sobre seu corpo para dar qualquer tratamento médico. Após injetar o DNA de Kimimaro em si mesmo, Kabuto pôde ter acesso a essa kekkei genkai que ele usa através de um clone de Kimimaro, que emerge da base de sua cobra do umbigo. As principais capacidades do Shikotsumyaku são permitir que o usuário manipule tanto a velocidade do crescimento dos ossos como também o local dos depósitos de cálcio. Isso permite criar armas de ossos que podem ou sair de qualquer parte do corpo ou serem puxadas e usadas como armas de mão, e até mesmo atirar pedaços dos ossos como projéteis de longo alcance. Qualquer osso que é removido do corpo se regenera imediatamente, assim como a pele que é danificada na remoção dos ossos. Usuários podem aumentar a densidade dos ossos criados, tornando-os mais fortes do que aço. Isso não só torna as armas criadas mais poderosas, mas também torna o corpo virtualmente indestrutível; os ossos podem até mesmo suportar uma lâmina infundida de chakra, que é geralmente suficiente para cortar qualquer coisa.

Pela demonstração dos dois únicos usuários dessa habilidade, Kimimaro e Kabuto, várias técnicas possuem nomes de flores. Muitas delas são também danças de espada baseadas em taijutsu, que são usadas para luta corpo-a-corpo e defesa. Porém, como Kimimaro demonstrou, os ossos podem também crescer a um volume muito grande, e provavelmente crescerem por cada um, como uma forma de um ninjutsu, e que ele pode emergir de qualquer um desses ossos.

Orochimaru cobiçou muito essa habilidade, afirmando que a kekkei genkai dava ao usuário uma estrutra óssea impenetrável, que pode resistir a qualquer tipo de ataque físico. Além do mais, se um usuário partir para a ofensiva, ele pode instantaneamente tornar seu corpo na lança mais afiada. O Shikotsumyaku é considerado como a habilidade suprema de taijutsu, fato que é mantido em alta consideração.

Status
Hp:200
Ck:400
S:0/3

_______________________

Status
Código:
HP:375/375
CK:475/475




FICHA
BANCO
CJ
MS
CQ
MF
avatar
Re: [TREINO] ROKU - em 23/3/2018, 00:06

@
Convidado
avatar
Convidado
Convidado

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum