Os Imortais
Okina conseguiu destruir Sunagakure, tornando o vilarejo um só com as suas origens, as areias profundas do deserto. O mesmo aconteceu em Kirigakure no Sato, onde a entidade afundou a vila no oceano que o cercava. Porém, ao tentar acabar com Konoha, a inimiga da humanidade falhou sendo impedida pelos novos salvadores do mundo. Abençoados por Hagoromo, os ninjas Mako e Mordred conseguiram selar a adversária criando uma segunda lua pairando sobre o planeta. Passadas algumas semanas, uma seita antiga se reuniu procurando o local onde poderiam ressuscitar Jashin, um deus antigo. Liderados por uma mulher capaz de ouvir a voz do deus, os seguidores subiram a Cordilheira dos Deuses e encontraram uma rocha cheia de selamentos frágeis e acabaram assim liberando um novo inimigo que se diz ter muitos nomes: Kami-sama, Jashin-sama e Shaka-sama. A nova divindade absorveu os poderes da lua onde Okina foi selada e transformou-se totalmente, porém, uma quantidade estranha de chakra vazou e espalhou-se no planeta inteiro.O novo inimigo da humanidade marcou três vilarejos: Konoha, Iwa e Kumo. Mas quais são seus verdadeiros planos? E quem é a pessoa que despertou depois de muitos anos?
.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» 3) Solicitações de Avaliação
Hoje à(s) 11:47 por Victor151

» Campo de treinamento Ryo
Hoje à(s) 11:43 por Victor151

» [Ato] Kazui
Hoje à(s) 11:32 por Kazui

» [M.S.] Status de um Yamanaka
Hoje à(s) 11:24 por DelRey

» [BB] Goroima
Hoje à(s) 11:24 por DelRey

» [ FIXO ] Sistema de Reset Parcial e Total
Hoje à(s) 11:21 por DelRey

» Rankeamento de Técnicas
Hoje à(s) 11:20 por DelRey

» [Sugestão] Especialidade em Aprendizagem
Hoje à(s) 11:12 por Arlong

» [RP - Hist] O ciclo da vida, Gamabuga
Hoje à(s) 10:47 por Kiwi

» [EPEC-SOLO] Incansável
Hoje à(s) 10:38 por Arlong


Convidado


20/6/2018, 11:51
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações

<

rank d 一 flor púrpura; avalon

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

rank d 一 flor púrpura; avalon - em 22/1/2018, 19:57



-

Caminhava sozinha, vislumbrando, ao fundo, a paisagem do vilarejo. A bruma densa e sombria, ao qual era comum nesta época do ano, misturavam-se com todo o ambiente, dando um toque 'noir' em Kumogakure. O astro solar contrastava com a parede de névoa espessa na abóbada celeste, e iluminava apenas através de pequenas frestas nesta neblina. "Está frio" — pensou a ninja loira. Mesmo com as adversidades proporcionadas pelo clima, continuou a galgar placidamente pelas vielas; apenas apressou os passos com o fim de alcançar seu destino em um menor período de tempo.

Parou em frente à uma pequena porta de madeira. Alguns kanjis identificavam o local como um hospital, e logo, Arthuria concluiu que este seria o local correto. Ultrapassou a portinhola e viajou para dentro do salão, aparecendo ao lado do recepcionista. — Vim pela missão. Irei coletar a flor. — balbuciou, de maneira calma. O homem — um sujeito alto, de nariz empinado e orelhas pontudas — soltou um resmungo, atônito com a aparência da ninja que acabara de entrar no estabelecimento. — Pois bem. — disse ele. — As ervas são da espécie Illicium verum, ou melhor dizendo, são as chamadas Anis-estrelado. São pequenas, ficam sempre amontoadas em um só lugar, e possuem uma coloração amarronzada, quase vermelha, mas a que queremos é de uma cloração roxa, bem rara por sinal. — o recepcionista aparentava conhecer muito sobre determinada espécime. — Já pode ir, aguardo seu retorno. — terminou, e Arthuria não esperou muito. Saiu do estabelecimento, e deu um pulo rápido para o teto de uma casa. Em seguida, deu outro pulo para uma mais próxima, e assim continuou a progredir nos saltos. Em pouco tempo, se distanciou do hospital, e logo estaria na montanha distante, a qual estava citada no anúncio da missão.

Decerto que o clima não a ajudava. O calor frio fazia seu corpo tremer cada vez mais e, paulatinamente, o tremor se espalhava por todo o corpo - nos braços, pernas, e por todo o tronco. Sua respiração ficou mais intensa, e Arthuria Pendragon só pensava em uma coisa: achar a maldita flor. Já no bosque, a kunoichi de Kumogakure pulava pelos galhos, alcançando aos poucos o coração daquele lugar. À cada salto, os animais próximos se assustavam, e as aves voavam para longe, concomitante à que feras de porte médio se escondiam em suas tocas. Arthuria não se importou — iria terminar a tarefa rápido. Então, subitamente, conseguiu alcançar com seus olhos uma bifurcação naquela montanha. Próxima ao cume, a kunoichi percebia a presença de uma clareira. — É ali. — disse, em monólogo, e agilmente se dirigiu para tal local.

Pousou em uma das árvores da clareira, e observou, no chão, um grande animal, deleitando-se em um sono profundo. Era um urso cinzento, e seu corpo era inominavelmente grande. Ao lado dele, o ninja conseguia ver um pequeno amontoado de plantas vermelhas, mas no meio delas, uma única flor roxa exibia-se por si só. Repentinamente, a kunoichi desceu ao solo de maneira cuidadosa, abafando a queda com a ponta dos dedos. Em seguida, tratou de caminhar até as plantas, agachado, com o intuito de ocultar totalmente o som dos passos. Em pouco tempo, chegou no lugar e pegou a única flor roxa ali presentes, guardando em sua hip-pouch. Contudo, ao se virar para sair, deu de cara com o urso olhando para ele, de pé.

Arthuria Pendragon levantou-se no susto. Olhou para o urso, e o urso devolveu o olhar. O animal rosnou, e uma torrente de saliva saiu de sua boca, indo parar no solo arenoso. A ninja loira ia chegando para trás, até que, parou quando bateu em uma árvore. O urso aproveitou desse obstáculo, e rugiu para todo o bosque. Estava pronto para o ataque. A fera flexionou seus músculos da perna, ouriçou o pelo acinzentado, e a pupila dos olhos dilataram. Contudo, subitamente, o urso cessou sua investida. Arthuria Pendragon olhava para a fera de maneira calma, sem demonstrar medo Suas íris esmeraldas exalavam a mais profunda tranquilidade — como se fosse mestre na arte da serenidade. O urso soltou um resmungo, e se afastou. Talvez não tenha entendido tal comportamento daquele ser humano tão pequeno, mas pereceu o respeitar.. Arthuria aproveitou disso e escapou, com um salto, para uma árvore próxima. Ficou olhando para o animal durante alguns minutos, e depois, tratou de voltar para o vilarejo. Já tinha o que queria.

Chegou no hospital novamente, e entregou a flor nas mãos do recepcionista. — Muito bem, leve isto até o quartel e pegue sua recompensa. Muito obrigado. — disse, e Arthuria largou um pequeno sorriso. Saiu do estabelecimento e começou a andar até o quartel de missões, pronto para receber seu pagamento.

Missão:
Flor Púrpura
Descrição: O Esquadrão Médico de sua vila esta desenvolvendo um novo remédio e precisa de uma flor rara só encontrada em uma montanha muito distante, sua missão é ir buscar essa flor para que a produção do novo medicamento seja iniciada.

Considerações:
一 Aparência de Arthuria Pendragon, Fate/series. Utilizando este traje.

一 A hip-pouch está presa na cintura, virada para o lado direito.

Técnicas:
一 Nenhuma.

Arsenal:

※ 04 Kunais
※ 06 Shurikens
※ 08 Kibaku Fuudas
※ 02 Hikaridamas
※ 02 Kemuridamas
※ 01 Fuuma Shuriken

_______________________


•Database
•Uptade
•Creation
•Bank
•Weapons
•Techniques




“The more you approach infinity, the deeper you penetrate terror.”
avatar
Chūnin
Chūnin

Ta, recompensas máximas

_______________________



The legend of Korra
——
avatar
Raikage
Raikage

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum