Naruto RPG Akatsuki
Olá visitante, registre-se em nosso fórum e venha fazer parte desde mundo mágico de Naruto, sim, seja um Ninja! Veja no vídeo abaixo os primeiros passos para fazer parte deste mundo após o seu cadastro!


Convidado


Sab 20 Jan - 12:00
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações
UM TEXTO AQUI LOGO LOGO
Meta: 00,00 R$ Recebido: 00,00 R$
00%
compre Seus AGs Pelo Pag Seguro e Paypal
UPDATES!
09.09.2017 — Exatamente um mês desde o último update, estou aqui hoje para avisar que o arco RUPTURAS está oficialmente encerrado. Ao longo dos próximos dias o tópico referente a ele será devidamente atualizado. Como prometido, novos sistemas virão (já estão disponíveis para o público ver e sugerir coisas) e novos Clãs/Kekkei Genkais também, além disto, muito em breve teremos o inicio de um novo arco.
ESTAÇÕES & EVENTOS
Ano: 08
Primavera:
14/11 - 07/12
Verão: 08/12 - 30/12
Outono: 31/12 - 22/01
Inverno: 23/01 - 13/02





Últimos assuntos

» • Escritório da Raikage •
por shirotsuki Hoje à(s) 11:59

» The master of puppets
por shirotsuki Hoje à(s) 11:44

» [M.F] shirotsuki
por shirotsuki Hoje à(s) 11:39

» [RP Diarmuid] O Caminho da Força.
por Diarmuid Hoje à(s) 6:51

» [MF] -Garnet
por Bloom Hoje à(s) 6:23

» [CJ] Garnet
por Bloom Hoje à(s) 6:17

» [CJ] Yoruichi
por Bloom Hoje à(s) 6:13

» [ CI ] San
por Urameshi Hoje à(s) 6:03

» [RP - HIS] - Voe
por Kaginimaru Hoje à(s) 5:58

» [C.J.] Diarmuid
por Bloom Hoje à(s) 5:56

Procurados
Procurados RPG Akat


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[Fillers] Ruusaku'

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 [Fillers] Ruusaku' em Sex 12 Jan - 3:45

Ruusaku'

avatar
Gennin
Gennin

Contos de um ninja:
A trajetória de um Hatake.

Ah, fazia um belo dia de outono em Konohagakure no Sato! Por mais que fosse outono, o vilarejo não deixava de ter ser bastante vívido, com uma grande quantidade de pessoas caminhando pelas ruas. Dentre os inúmeros indivíduos que moravam em Konoha, eu era apenas mais um. Quer dizer, pelo menos por enquanto. Eu não passo de um Gennin nascido no Clã Hatake, por mais que, modéstia à parte, eu seja considerado um gênio, ou algo do tipo. Eu vestia uma camisa de manga longa marrom, além de tanto minha calça quanto meus sapatos serem da cor preta. Além disso, carregava uma bolsa de armamentos ninjas, que estava amarrada em minha perna direita, sem contar a Hakkō Chakura Tō, uma espécie de espada que estava embainhada em minhas costas. Aquele seria o meu primeiro dia como ninja, após ser instruído durante um ano na Academia Ninja. - Vamos, depressa! - falava para as pessoas à minha frente, impedindo a minha passagem. Não tinha como esconder: eu estava visivelmente ansioso(além de afobado) por finalmente dar início à minha vida como ninja. Foi-me designado, por alguma razão que eu desconhecia, ir até a Academia Ninja. Bem, ordens são ordens, devendo serem cumpridas você queira ou não.

Chegando lá, eu iria diretamente para a sala indicada: sala 13. Abri a porta, fazendo mais barulho do que eu esperava. A maior parte das cadeiras já estava ocupada, e praticamente todas as pessoas olharam para mim assim que eu entrei, até mesmo o Jounin responsável pela sala. "O QUE EU FAÇO?" pensei, ficando vermelho feito um tomate. Em um instante, minha face estava da mesma cor que meus olhos, e minha garganta parecia um deserto de tão seca que estava. Me movi lentamente até uma das cadeiras, de forma extremamente manual, como se fosse um robô. - Me..Merda! - proferi, no mesmo instante em que escorreguei em meu pé e acabei caindo. Algumas pessoas começaram a rir, outras faziam caras de dúvida, indagando como um garoto como aquele havia se tornado um Gennin. Eu juro, eu ainda sou um prodígio, não perde a fé em mim por favor. Eu me levantei rapidamente, com um semblante de total desilusão. Talvez ter elevado tanto minhas expectativas para me tornar um shinobi havia sido um erro. Sentei-me em uma cadeira na parte de trás da sala, abaixando a cabeça sobre a mesa e a cobrindo-a com os braços. Eu estava tão envergonhado que não tinha nem coragem de olhar para o rosto do Jounin. Eu só queria que aquele dia acabasse logo..

- Ei, não precisa ficar tão triste. Você é.. Ruusaku, certo? - começou a falar uma voz feminina, cutucando meu ombro direito. Levantei um pouco o corpo, e virei a cabeça para o lado. Uma garota bela, jovem, uns 3 anos mais velha que eu, de longos cabelos escuros e uma aparência amigável. "Estou sonhando? É..um anjo?" pensei, deixando-me levar pela imaturidade de um garoto de apenas nove anos. - Pera aí, como você sabe o meu nome? - indaguei para a garota, olhando-a com certo interesse, por mais que eu fosse demasiadamente jovem para pensar em qualquer relação que não fosse amizade. - Bem..Muitas pessoas comentam quando uma pessoa se forma na Academia sendo bem jovem, haha. Aliás, meu nome é Yukio. - ela respondeu, desviando um pouco o olhar. Caramba, eu era bem visto pelas pessoas. Quer dizer, até eu estragar tudo.. Pelo menos agora eu tinha uma amiga, ou era pelo menos isso que eu acreditava.

Algum tempo se passou desde que o Jounin começou a falar: disse sobre as regras shinobi, desempenho em missões, formação de times, dentre outras coisas. - Agora..Er, nós preparamos um treinamento para vocês, recém-formados. Vocês lutarão combates individuais, para que possamos testar suas habilidades. - disse o homem, com certa indiferença em sua voz. Isso! Essa era a chance que eu precisava para provar para os outros recém-formandos que eu não era um pateta. Não por completo, ao menos. Todos se dirigiram a um Campo de Treinamento: um local aberto, com uma pequena vegetação rasteira, na parte de trás da Academia. Eu já tinha ido lá inúmeras vezes, mas nunca tinha notado o sentimento de "bem estar" que aquele local me trazia. O Jounin tossiu, como se tentasse chamar a atenção. Ele carregava um bloco de notas nas mão direita, além de uma caneta azul na esquerda. - Hantamaro contra..Ruusaku.
-
falou, fazendo alguns riscos em sua caderneta. Tanto eu quanto o garoto andamos até a região central do Campo de Treinamento, chamando para nós a atenção de todos os alunos. - Não quer escorregar de novo, não? - falou o garoto, que parecia ter seus 13 anos de idade. Ele parecia estar confiante, como se a vitória já fosse dele.

Bocejei, de forma despretensiosa, fazendo um "joinha" na direção de Yukio. - Não me ignore, maldito! - falou o rapaz, enquanto partia para cima de mim. Ele parecia ser só um pouquinho impulsivo, só um pouquinho. Hantamaro sacou uma kunai da sua bolsa de armamentos, enquanto corria na minha direção. - Armas não são permitidas! - gritou o Jounin, apesar de não ter nem se dado ao trabalho de impedir a luta. Hantamaro fez um corte em horinzontal com a kunai, visando meu pescoço. No mesmo instante, porém, eu me abaixei, desviando de seu golpe. Apoiei a mão direita no chão e, girando-a enquanto apoiada no solo, eu estiquei minha perna e dei uma rasteira no garoto, que caiu sem ter certeza do que havia acontecido. Levantei-me, rapidamente, enquanto sacava a Hakkõ Chakura Tõ da bainha de minha espada. - Morra! - gritei, seguido de alguns gritos de espanto. Fui com minha espada em direção ao crânio do rapaz. Contudo, antes de dá-lo o golpe final, eu parei. - Bleng - disse, dando um peteleco no nariz no garoto, que estava aos prantos, achando que sua curta vida estava prestes a ter um fim. Guardei a espada na bainha, e saí de cima do garoto sem falar nada. - O vencedor é Hatake Ruusaku. Parabéns.

Thanks Akacchi


Considerações:
1014 palavras. Treino humilde de Status. Dora



Ver perfil do usuário

2 Re: [Fillers] Ruusaku' em Sex 12 Jan - 3:53

Kurayami

avatar
Nukenin D
Nukenin D
@Aprovado piriquito



Ver perfil do usuário

3 Re: [Fillers] Ruusaku' em Dom 14 Jan - 4:18

Ruusaku'

avatar
Gennin
Gennin

畠人
HP: ❲ 200 • 200 ❳ CH: ❲ 325 • 325 ❳ ST: ❲ 03 • 03 ❳
Part I: After the fight

- Ei, esse é o mesmo garoto que caiu assim que entrou na sala? - Aparentemente, eu ter derrotado um garoto um pouco mais velho que eu com tamanha facilidade chamou a atenção de alguns olhares curiosos. A grande maioria não acreditava em seus olhos, certos de que alguma coisa estava errada. Como podia, um garoto franzino e magricela, em seus cento e trinta e nove centímetros, ter sido capaz de derrotar um garoto bem maior e bem mais forte? A pequena parcela de estudantes que torcia para mim(Yukio inclusa) batia palmas, vibrando com a minha vitória. - Parem, parem, não foi nada. - Apesar de ser considerado um prodígio e não ser uma pessoa tímida, eu ainda não era capaz de lidar com a sensação de ser enaltecido: fosse por elogios, palmas, ou torcida. Cocei a cabeça com a mão direita, enquanto sorria com dificuldade em direção à multidão. - RUUSAKU, TEM COMO VOCÊ SAIR DAÍ? MAIS PESSOAS PRECISAM TREINAR! - berrou o Jounin, olhando por cima de sua caderneta de anotações. Seu semblante era sério, fazendo com que todos, absolutamente TODOS os alunos se calassem. O único som que se podia ouvir eram das anotações que ele efetuava no caderno. - Sim, senhor. - Comecei a andar em direção ao restante dos alunos, olhando para meus pés enquanto eu me movia.

- Nã..Não fique assim! Você foi ótimo. - Yukio segurava em ambos os meus ombros, sacudindo-me, na mais plena esperança de fazer com que eu não me sentisse triste por ter acabado de levar um esporro. Eu olhava para baixo, enquanto ela falava animadamente. Cá entre nós, eu não estava tão abalado por ter sido repreendido pelo Jounin. Meus motivos para não olhar em direção à garota eram outros: minhas bochechas estavam avermelhadas. Eu não as via, mas eu tinha certeza disso. - Obrigado. Me sinto melhor. - disse, levantando meu rosto, assim que a coloração sumiu de minhas bochechas. Prosseguimos acompanhando as lutas que estavam acontecendo. Quer dizer, os outros alunos seguiram acompanhando. Eu não me interessava pelos combates de meus colegas de academia, desde que eu provavelmente nunca teria que lutar contra eles. Eu estava, basicamente, viajando pelos meus pensamentos.

- É a minha vez. Torça por mim. - Yukio deu um tapinha em meu ombro no momento em que falou aquilo. Eu voltei ao "mundo real", fitando com meus olhos avermelhados tudo a minha volta. - Si..Sim. Boa sorte. - disse, dando um sorriso amigável. A oponente de Yukio foi uma garota, da mesma idade que ela, além de possuírem praticamente o mesmo peso e altura. - Comecem! - O Jounin fez um sinal com a mão, dando início à luta. A oponente de Yukio atacou-a com veracidade, mas aquela era mais rápida, desviando de todos os golpes. Yukio aproveitou uma abertura e acertou um soco cruzado no queixo da garota, que caiu rapidamente. "Ca..cete." Sinceramente, ainda bem que eu era "amigo" daquela garota, visto que ser inimigo certamente seria um problema.

- Então, como eu fui? - Yukio sorria para mim enquanto falava, e a única coisa que eu fui capaz de fazer foi gesticular dois "joinhas" com as mãos. - INCRÍVEL! - berrei, ainda com os polegares apontados em direção à garota. Como ela não tinha se graduado antes, eu desconhecia: sua força era notável, e a luta dela terminou praticamente no mesmo tempo que a minha. Mesmo que eu não tivesse prestado atenção em todas as lutas(nenhuma, na verdade), a cara de espanto de outros alunos confirmava tudo que eu pensava à respeito de Yukio.

Part II: A gentleman doesn't hit women

Bem, tudo parecia ter terminado bem, não é mesmo? Tudo que eu tinha que fazer era voltar para casa e descansar. Treinar um pouco, quem sabe. Independente das metas diárias que eu estipulasse assim que sair da Academia, nada colocaria minhas convicções à prova. Pelo menos era o que eu esperava. - Estou curioso.. Hatake Ruusaku e Nakamura Yukio, dirijam-se para o Campo de Treinamento. - O..O que? Eu teria que lutar contra a Yukio, talvez minha única amiga na Academia? Além disso, eu não conseguia, pelo fato dela ser mulher. Eu, desde que me conheço por gente, mantenho um código de conduta impecável em relação à minha forma de pensar, e decidi que não seria capaz NUNCA de lutar e/ou ferir uma mulher. "Oh merda" Yukio olhava para mim, com certa curiosidade. Para ela, aquela era apenas uma lutinha boa, que não significava nada. Contudo, eu não podia colocar minhas convicções em jogo.

- Vamos! Isso é..medo? - Yukio disse, sorrindo amigavelmente, enquanto me puxava pelo braço. O que eu faria?!?! Não podia bater nela, mas também não estava com muita vontade de levar um soco da mesma forma que aquela garotinha levou. Fiquei de frente para ela. Nada passava na minha garganta, que estava seca como um deserto. - Comecem. - O Jounin fez o mesmo sinal com a mão e, sem perder tempo, Yukio veio em minha direção, rapidamente. Ela vinha com um soco em meu rosto. "Que não arranque nenhum dente." Cerrei os olhos, esperando pelo pior. Surpreendentemente, o "pior" não chegou a acontecer.

"Que soco demorado é esse?" Como o golpe não parecia vir, eu abri os olhos, ficando frente a frente com a mão de Yukio, que tinha parado no ar, antes de me atingir. A garota tinha notado que eu não tinha intenções de desviar e, devido a isso, cessou o golpe. - Eu desisto. - Saí do local sem mais explicações, sendo chamado de "cagão" e de "frutinha" pela maior parte das pessoas. Eu não me importava, sinceramente. Eu havia decidido adotar um método de vida, e não o mudaria tão cedo, por mais que fosse mal visto pela sociedade. Eu estou disposto à falhar uma missão se eu precisar ferir uma mulher durante a mesma. Fiquei sentado sobre um balanço de madeira, feito sobre uma árvore. - Eu sou um idiota. - murmurei, esperando que ninguém estivesse próximo de mim.

- É mesmo. Por que você não quis lutar? - No instante em que ouvi a voz da garota, dei um salto do balanço, desde quando ela estava ali? Fiquei de frente para a mesma, curvando-me em direção à ela. Dei um longo suspiro. - Eu não consigo bater em mulheres! Mas eu juro que vou superar esse defeito e, assim que eu o fizer, vou chutar sua bunda! - eu disse, colocando todas as palavras para fora de minha boca rapidamente. Ao invés de ouvir um sermão por parte da garota, ela riu. Ei, ei! Que porra é essa? Eu estava falando sério, me abrindo com ela, e ela riu, sem mais nem menos! - Hahaha..Você é engraçado..Estarei esperando, Ruusaku. - ela disse, se afastando de mim. Acho que no fim das contas, tudo havia dado certo. Dei um demorado suspiro, antes de começar a caminhar em direção à minha casa. "Já está tarde." Eu nem tinha notado, mas o Sol estava quase se pondo. Meu dia tinha rendido consideravelmente. Caramba.. Vida de ninja é mais difícil do que eu imaginava, sinceramente. Assim que chegasse em casa, eu tomaria um demorado banho e, após isso, me tacaria na cama para dormir.

Part III: Discovering   

Tempo se passou e Yukio já não estava mais em meu campo de visão. - Hm..O que eu posso fazer agora? - No mesmo instante, uma ideia me veio na cabeça: tentar descobrir qual era minha afinidade elemental para que, no futuro, eu tentasse me aperfeiçoar nesse elemento. Peguei uma folha da árvore em que havia o balanço, e tentei me recordar das palavras que meu pai me falava, quando eu era mais novo. Você deveria colocar suas mãos sobre uma folha(ou pedaço de papel) e, dependendo do que acontecer, você descobrirá seu elemento.

Pressionei ambas as mãos sobre a folha, e coloquei meu chakra sobre a mesma. Escutei, arduamente, o barulho da folha se contorcendo. Abri a mão, curioso, olhando o que tinha acontecido. - Raiton? Legal! - O papel ter se amassado confirmava o que eu tinha dito. Feito isso, taquei-o no chão. Peguei mais algumas folhas para ver se era isso mesmo, se nenhum erro tinha ocorrido. Definitivamente eu era do elemento raio. Taquei a folha no chão, sem me ater muito à detalhes. Em seguida, comecei a caminhar, indo em direção à minha casa. "Já está tarde.." Eu passei muito tempo na rua, tanto que o Sol estava quase se pondo. Doía admitir, mas até que meu dia havia rendido consideravelmente. Sinceramente, vida de um ninja é mais complicada do que eu imaginava. Assim que eu chegasse em casa, eu tomaria um demorado banho e, após isso, eu me tacaria na cama, onde eu permaneceria. Eu definitivamente só gostaria de acordar no dia seguinte.
Leia-me:
1402 palavras, para 100 de Status + Perícia Elemental(Raiton) como eu tenho Prodígio, a qualidade vira aquelas de um ponto.

Aparência Aqui
Negrito falas
Itálico pensamentos
Armamentos:
10x Shuriken
5x Kunai
10x Senbon


Hakkō Chakura Tō
Rank: A
Descrição: O Hakkō Chakura Tō foi um Tanto que originalmente pertencia a Sakumo Hatake, que passou para o seu filho, Kakashi. Foi um Tanto reta de lâmina com um pequeno, mão-guarda circular. Ele exalava um faixa branca de chakra quando foi balançado, este ganho Sakumo seu título de "White Fang de Konoha" (木 ノ 葉 の 白 い 牙, Konoha não Shiroi Kiba). Esta lâmina foi destruída durante a Terceira Guerra Mundial Ninja durante a luta de Kakashi com Kakko. No anime, que mais tarde foi mostrado reparado com Kakashi ainda usá-lo para as missões.

孤独 - Template por MilkWho.



Ver perfil do usuário

4 Re: [Fillers] Ruusaku' em Dom 14 Jan - 4:25

Yagami

avatar
Nukenin C
Nukenin C
@Aprovado



Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum