Naruto RPG Akatsuki
Olá visitante, registre-se em nosso fórum e venha fazer parte desde mundo mágico de Naruto, sim, seja um Ninja! Veja no vídeo abaixo os primeiros passos para fazer parte deste mundo após o seu cadastro!


Convidado


19/1/2018, 07:42
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações
UM TEXTO AQUI LOGO LOGO
Meta: 00,00 R$ Recebido: 00,00 R$
00%
compre Seus AGs Pelo Pag Seguro e Paypal
UPDATES!
09.09.2017 — Exatamente um mês desde o último update, estou aqui hoje para avisar que o arco RUPTURAS está oficialmente encerrado. Ao longo dos próximos dias o tópico referente a ele será devidamente atualizado. Como prometido, novos sistemas virão (já estão disponíveis para o público ver e sugerir coisas) e novos Clãs/Kekkei Genkais também, além disto, muito em breve teremos o inicio de um novo arco.
ESTAÇÕES & EVENTOS
Ano: 08
Primavera:
14/11 - 07/12
Verão: 08/12 - 30/12
Outono: 31/12 - 22/01
Inverno: 23/01 - 13/02





Últimos assuntos

» 1) Modificações de Nomes
por Ezka Hoje à(s) 06:31

» [RP-Hist] Yamiko - A presença precisa
por Yamiko Hoje à(s) 05:26

» [RP História] Um conto de Kiwi
por Kiwi Hoje à(s) 04:06

» [RP Kenobi] O Caminho da Força.
por Bloom Hoje à(s) 03:50

» [RP - HIS] - Voe
por Kaginimaru Hoje à(s) 03:04

» [RP] Konohagakure
por Bloom Hoje à(s) 02:42

» [RP] Lágrimas da Lua Sangrenta
por Bloom Hoje à(s) 02:23

» Lista & Organização de Aparência
por Diarmuid Hoje à(s) 01:59

» Lista & Organização de Clãs
por Diarmuid Hoje à(s) 01:57

» Lista & Organização de Vilarejos
por Diarmuid Hoje à(s) 01:57

Procurados
Procurados RPG Akat


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[ RP - MUNDIAL ] A Partida da Expedição!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Mestre NPC

avatar
Narrador
Narrador


Otogakure no Sato não era mais temida após a ameaça das Rupturas. Porém, ainda era um ponto central na investigação solicitada pelas cinco grandes vilas. Ali era o único lugar no mundo inteiro onde uma Ruptura não apenas se abriu como permaneceu aberta. Apesar disto, nenhuma pessoa podia simplesmente ir entrando, pois ela ficava nos céus. Para isso um mestre em técnicas de tempo-espaço foi solicitado além das aldeias. Um homem calvo, envelhecido e aposentado, com habilidades de expandir a maldita ruptura. Ele esperava ansiosamente pela chegada dos viajantes.

REGRAS:
Todos os membros inscritos neste tópico devem postar neste tópico para iniciar o evento. Este será um prólogo, pois a verdadeira expedição se dará em outro tópico. Todos têm até o dia 31/10 para entrarem neste tópico. Quem não entrar, ficará de fora. As premiações serão ditas no próximo tópico.

Ver perfil do usuário

Carvajal

avatar
Gennin
Gennin
Florestas.
Rumando e Rumando...

---------------------------------------------------------- 
-------------------------------------------------------------------


Após ter chego a Otogakure no Sato, caminharia com passos calmos pelas ruas da vila. Sem querer, avaliaria tudo o que estaria à minha volta como se quisesse balizar o novo com aquilo que já me é familiar. Olharia atentamente cada pessoa a qual passaria por mim e, recorreria a seguinte estratégia. Abordaria o primeiro transeunte que vislumbrasse à minha frente. – Olá, eu sou Shinra, um membro da Vila da Folha que foi solicitado para estar aqui. Sabe me informar quem é o responsável a que devo me apresentar? – Falar com estranhos pode ser intimidante e cansativo, especialmente se o que estiver em jogo for importante. Com as chances altas de falhar, ouviria atentamente aqueles que me agregassem algo na minha busca e ignoraria por completo quem apenas me atrapalhasse. E então seguiria as possíveis diretrizes passadas. 

Legenda

Ação - Fala " " Pensamentos
 

Considerações:

HP: 300/300 SP: 350/350



Se,

lim
x -> zueira^+ x = +

lim
x -> zueira^- x = -∞

Logo, a zueira não tem limites.
Ver perfil do usuário

Gesso

avatar
Genin
Genin

ST: 0 | 5 • CH: 625 | 625 • HP: 350 | 350 • VEL: 14m/s • E. da Luz: 350 | 350 (RES)

Tempo passou e finalmente entrava no país do Arroz, onde a expedição iria ocorrer. Fora instruída ainda pela carta em Konoha para encontrar algum homem que tinha habilidades que iriam ser de grande importância. Mais algumas horas correndo e finalmente via uma vila ao longe, o estado dela não era das melhores, a reconstrução da vila era visível, algo terrível devia ter ocorrido tempos atrás que fizera isso com ela. Vasculhei bastante pela vila até achar o homem descrito pela carta. O homem estava em um campo aberto, e acima havia algum tipo de portal? Era isso a “ruptura”?

Não fui a primeira a chegar, havia mais um ali perto dele. Aparentemente também um ninja de Konoha. Decido por não me aproximar, mas estava de olho no velho, ele era de extrema importância para a missão.

 
Considerações:
- Chegando em Otogakure, eventinho e talz.
- Aparencia igual ao avatar.
- Emissária nas costas na vertical.
- Deu uma falhazinha no template e ficou com duas fontes, no proximo vai tá tudo certo.
Bolsa de Armas:
Kunai: 4 (5)
Shuriken: 5 (5)
Senbon: 8 (4)
Kibaku Fuuda: 12 (3)
Hikaridama: 3 (3)
Emissária da Luz:


A Emissária da Luz


Espécie: Lendária
Rank: S
Descrição: Uma espada passada de geração em geração para aqueles que foram destinados a trazer a paz no mundo, a Emissária da Luz tem grande poder destrutivo se souberem usá-la bem, em seu estado normal, ela parece ser apenas uma espada comum com uma lamina menor, mas em seu estado real, a Emissária da Luz mostra seu verdadeiro poder com sua habilidade de manipular chakra do estilo vento para cortar aqueles que opuserem a ela. Aquele que a empunhar, terá que saber como controlá-la e ter conhecimento do chakra Fuuton.
Habilidades/Mecanismos: 
- Para ativar a forma real da espada, o usuário deverá gastar a mesma quantia de chakra de um jutsu rank S. A forma real da espada dura 2 posts, e quando voltar ao estado normal, ela deverá "descansar" por 1 post.

- Em sua forma real, a espada tem a habilidade de manipular chakra de estilo vento, a manipulação nessa forma vai até o limite de manipulação rank A. 2 manipulações por post.


- A espada pode manipular o chakra vento para poder aperfeiçoar sua capacidade de batalha, criando um manto de chakra Fuuton para aumentar o seu dano. Manto de vento gasta chakra continuadamente a cada post ativado e conta como se fosse um jutsu rank B.

- Não se pode escolher usar o Manto de vento e manipular chakra vento ao mesmo tempo, ou o usuário utiliza a forma real da espada para atacar a distancia com suas manipulações ou utiliza o chakra Fuuton para criar o Manto.
Especifidades da espada:

- Tamanho da lâmina em sua forma normal: 50cm
- Tamanho total da espada em sua forma normal: 95cm

- Tamanho da lâmina em sua forma real: 90cm
- Tamanho total da espada em sua forma real: 135cm


Aparência:
- Forma Normal

- Forma Real



Um presente mágico para você!

Ver perfil do usuário

Zoe

avatar
Kryptoniana
Kryptoniana


❝ i'll stand here existing and feeling wretched existence
Consuming life-force 'til i grow distant
don't bother searching for somebody like me
A fading no one ❞
CH: 2800/2800 HP: 2000/2000 ST: 00/14
Kurama: 5000/5000

Nostálgico, huh? — Inferiu a fera das nove caudas, vislumbrando o arroz através dos olhos de seu receptáculo humano. Tinha entre os dentes pontiagudos algumas poucas lascas de melancolia, que escorria pela garganta e tornava-a tão seca e áspera quanto uma dama vingativa. As caudas, grandes apêndices peludos e colossais como montanhas, estiravam-se sobre um solo rochoso, envolvidas nas imediações da raposa. Seus olhos estavam semicerrados com a incidência de luz no recinto interior, que incomodavam-na como se tivesse acabado de acordar.

Mordred assentiu, igualmente a sentir-se nostálgica. Ela lançou em volta uma olhadela ansiosa, estacionando os inexpressivos olhos de esmeralda em uma pequena capela em construção, onde homens de físico avantajado erguiam grandes tábuas de madeira e manejavam com notável habilidade martelos e enxadas, dando forma ao edifício religioso. A pareidolia das nuvens pela primeira vez lhe chamou a a atenção, pois formavam uma bela história; soldados armados com hastes de ferro perseguiam de biga uma matilha de lobos aparentemente famintos, como um conto épico de herói. Poderia ali ficar o dia todo, mas algo mais prostrava-se no céu, uma distorção que beirava o ilusório, uma inconsistência tão absurda que causava desconforto se comparada aos seus arredores. Muito já havia visto durante toda a sua vida, mas mesmo já familiarizada com as rupturas, era um vislumbre envolto em sentimentos de aversão com os quais a jovem não tinha assim tanta experiência, o que deixava-a estranhamente confusa. Decidiu, então, que em vez de passear como uma turista, visitaria o que era de mais importante no vilarejo em construção, formando o seu caminho através de questionamentos investigativos rápidos, usando de sua boa influência e boa oratória para atrair a positividade dos moradores. Por fim, encontrava-se agora em rumo ao responsável que os levaria a grande fenda.


Considerações:
Roupas: Aqui

Nota: Kokorowatari presa a bainha e na cintura. Kibas estão dos dois lados da cintura, uma delas junta a Kokorowatari, porém em um ângulo diferente.
Armamentos:

Kokorowatari
Espécie: Lendária.
Rank: S.
Descrição: Também conhecida como Kami no namida (神の涙, lit. Lágrima de Deus), esta é uma arma lendária de origem divina cuja existência foi mantida em segredo absoluto, sendo esta um tesouro sagrado e a única prova da existência do Deus coelho. Segundo a lenda, a Kokorowatari surgiu em um período de guerras sangrentas, quando a violência humana sobrepujou a dádiva do amor e só então fez-se necessária a intervenção divina. O criador, decepcionado com tamanho pecado de sua própria criação, permitiu que uma porção de sua essência caísse sobre a terra na forma de lágrimas. Essas lágrimas juntaram-se e através da essência divina, tomaram a forma de uma espada sagrada.

A Kokorowatari tem a forma de uma katana tradicional, de ornamentos brancos e trançados completamente pretos. Sua guarda é escura tal como os trançados, mas possui adornos de cor levemente mais clara que contam a história da criação da arma através de pequenos desenhos na área da guarda. A lâmina possui oitenta centímetros e é branca como a neve, tal qual lhe confere um brilho verdadeiramente incômodo em dias ensolarados. A tradição dos que já a empunharam é de que Kokorowatari é  sempre posta do lado esquerdo da cintura.

Sendo uma espada divina cujo objetivo era parar guerras, a arma possui duas habilidades distintas que agem em prol de evitar conflitos. A primeira e mais interessante delas é a capacidade de, com o mero toque no adversário ou mesmo através do contato indireto, a espada toma parte do vigor do afetado e o transfere para seu portador, sendo essa quantia equivalente a um turno de Stamina por post. A segunda é uma forma mais ofensiva de evitar conflitos, pela qual a espada consegue destruir armas básicas completamente ao se chocarem com ela e também infligir um dano extra de 140 pontos de dano na RES das armas especiais a confronta-la.

Kiba
Rank: S
Descrições: Kiba (牙; literalmente significa "Presas"): Espadas gêmeas que são imbuídas de um raio que aumenta seu poder de corte. Elas são ditas as espadas mais afiadas já forjadas. Elas também são chamadas de "Espadas de Trovão" (雷刀, Raitō).
Habilidades da Arma: Conhecidas como as espadas mais afiadas já forjadas, ao serem banhadas em eletricidade se tornam capaz de cortar qualquer coisa até uma vez por turno - Rank S. Podem em conjunto de um portador manipulador de eletricidade (afinidade ou perícia) lançar manipulações de Raiton de até Rank A.

Amaunator MK II
Espécie: Rara.
Rank: S.
Descrição: Inspirados pela deusa do sol que lhes presenteou com o fogo, os primeiros homens tinham agora o conhecimento para forjar as primeiras armas. Entretanto, a deusa logo notou a ineficácia nos primatas recém evoluídos em forjar e devido a isto, presenteou-os novamente, mas desta vez com uma das peças de sua coleção mais preciosa. A peça presenteada foi a Amaunator, a defensora.

Amaunator MK II é uma armadura completa, feita a partir das partes reaproveitadas de sua anterior, possuindo uma diadema de prata enegrecida em tons de rubro na região das têmporas que é capaz de transformar-se em um elmo fechado com chifres irregulares e com espaço para os olhos. A fortaleza móvel é predominantemente negra, com alguns detalhes vermelhos e ornamentada em tom violeta em diversas partes da armadura, além de uma leve semelhança com um vestido em sua região inferior. Embora de aparência robusta, fora feita sob medida para mulheres e permite os mesmos movimentos ágeis, furtivos e de malabarismos que ninjas costumam executar sem nenhuma queda em velocidade. Seu material não é muito pesado e por isso, é possível utiliza-la sem problemas caso possua ao menos dois pontos em força, mas é extremamente resistente, sendo uma parte importante para sua habilidade. A habilidade da armadura da deusa do sol é a resistência absoluta, podendo defender armas básicas e especiais sem diminuição da RES — e consequentemente, sem dano. É, entretanto, passível a ser destruída através de técnicas de rank A e força 5.



Ver perfil do usuário

Isabell@

avatar
Chūnin
Chūnin

HP: 750/750• CH: 800/800 • ST: 00/06
Chegando ao local juntamente com o resto dos rejeitados idiotas que tinha aceitado livremente a missão suicida de visitar um maldito buraco no meio do céu, algo que parecia mais retirado de uma idiota história de ficção cientifica do que um real fenómeno capaz de acontecer na vida real, porém algo que infelizmente não estava a seu poder julgar visto que as forças superiores que criaram o universo tinham que ficar sem criatividade mais tarde ou mais cedo, Chara deparava-se com o que parecia ser um portal aberto sem o botão para desligar. Sem muito para fazer, a jovem cruzava os braços e sentava-se num pedregulho aleatório contemplando a insignificância da sua presença numa situação como aquelas, que raio é que eles esperavam que meros shinobis fizessem? Atirassem pedras para o céu e rezar que aquilo desaparece-se? Pelos vistos a única alternativa seria esperar que algo acontecesse.

— Um enorme buraco no céu. Não sei porque mas tenho a sensação de que o meu progresso foi apagado e é a segunda vez que vejo esta situação...

Observando a situação a uma distância de segurança, a kunoichi limitava-se a observar os arredores na esperança de existir algo ou alguém que lhe pudesse explicar o que raio se passava mas acima de tudo que doido ou lunático tinha tido a brilhante ideia de abrir um portal que não só distorce o espaço mas também o tempo a vários metros de altitude, como ponto de entrada numa vila que já tinha a reputação pior do que negativa. Incerta do que estaria do outro lado ou se aquele buraco no céu realmente era uma entrada ou talvez uma saída, a jovem procurava fazer uma lista mental de coisas ou entidades capaz de produzir tal fenómeno visto que aquilo era muito mais severo do que um novato de academia brincando com habilidades ninja que aprendeu na aula.

~~
Considerações:
N/A



Última edição por Isabell@ em 31/10/2017, 00:33, editado 1 vez(es) (Razão : O forum comeu o meu post '-' nem sequer é uma piada, no lugar do post tinha um ponto)




Just Kill Them All . . . Let God Sort Them Out . . .

BingoMudança - FichaC.JCharaC.TMudança - StatusBanco
Ver perfil do usuário

Naruub

avatar
Gennin
Gennin


A Chegada do Ninja de Kiri

400/400 - 525/525 - 3/3 - 5/10ms

Por fim chego ao país do arroz. A longa viagem felizmente não teve nenhum problema, mas ainda preciso percorrer alguns quilômetros para chegar na vila de Oto. Antes de sair nessa nova caminhada, pergunto aos ninjas de Kiri que me acompanharam como chego no local, após receber a informação, caminho apressado para o lugar, temendo não conseguir chegar a tempo e perder uma oportunidade de conseguir uma boa promoção.

...

Chego em Otogakure. O meu corpo está bastante dolorido por causa da viagem, mas no momento em que percebo o grande “buraco” no céu dessa aldeia, todo o meu desconforto passa e é substituído por um pensamento bem simples. “Que merda é essa.” A ruptura no céu de Oto não é brincadeira, nem história de pescador, é a mais pura verdade. Eu não consigo acreditar que algo assim possa acontecer, e acredito que muitos outros também devem não entender.
Saindo do meu transe pela primeira impressão daquele fenômeno, começo a caminhar pelas ruas da aldeia, percebendo alguma movimentação estrangeira, acredito que devido ao evento sobrenatural nos céus. Não me importando muito com o que está acontecendo, somente caminho em direção aonde o velho calvo está. Não quero perder nenhuma informação importante que ele possa entregar. Em relação aos outros ninjas que também estão por aqui, não irei conversar com eles, pois não confio em nenhum deles e não sei o real motivo por trás de vir a Oto.

Técnicas:

Nenhuma...
Equipamentos:

Bolsa (40) escreveu:

  • Kunai 10
  • ]Kibaku Fuuda 20 (5 un)
  • Kemuridama 4
  • Fios 10 m (2 un)
  • Fūma Shuriken 4 (16)
  • Zōketsugan 1

Usando escreveu:Hitai-ate
Valor: 1.000 RY
Descrição: Um protetor de testa (額 当 て, Hitai-ATE) é uma faixa composta por uma placa de metal e uma faixa de pano. protetores de testa são usados pela maioria shinobi e estão gravados com o símbolo da sua aldeia oculta.

Flak Jacket
Valor: 1.500 RY
Descrição: A jaqueta é um item de vestuário de protecção popular entre ninja. coletes têm vários bolsos e bolsas que podem ser usados para armazenar e acessar rapidamente armas e outros suprimentos. Quando em missões, eles fornecem uma protecção pelo menos parcial de danos causados por trauma de força bruta, estilhaços, projéteis outros, e até mesmo lâminas. coletes começou a ser usado ao redor da época da Primeira Guerra Mundial Shinobi, substituindo o Shinobi Batalha Armadura comum durante o Período dos Reinos Combatentes. Eles são usados por ninja de todas as classes, mas principalmente classificação chūnin ou superior.
Considerações:

Nada a comentar...

Ver perfil do usuário

Hyakuya

avatar
Genin
Genin


❝One lives in the hope of becoming a memory.❞ — The imortality holder
HP: 950 | 950  CH: 1275 | 1275  SPD: 18m/s  ST: 07 | 07

Os braços balançavam ao vento, tomados pelo cansaço de um percurso gigantesco. A respiração pesada, seguia em dar vida ao corpo, movimentando o coração que bombeava sem parar, sendo então capaz de ainda existir, ou diria viver? Os curiosos olhos dourados rodeavam, procurando e analisando. O cenário apocalíptico que me cercava era demais para mim, sendo incrível pensar no que aconteceu ali alguns meses atrás. A raposa de nove caudas fez tudo isso. Pensei, tentando imaginar a cena em minha cabeça.

O suor produzido pela caminhada rapidamente se esfriava com o diminuir do ritmo de caminhada. Meu corpo estaria completamente seco em um minuto ou dois, mas a sensação que a endorfina proporcionava era realmente maravilhosa, aliviando todo o stress que havia sido chegar até aqui. Os olhos focaram-se, então, no enorme abismo que se depositava no céu, como um enorme buraco negro. As lamentações dos seres desse plano provavelmente se depositavam ali, todo o choro e o sangue derramado nesse campo teria tido seu destino por culpa daquilo à nossa frente, o que me deixava profundamente chateada. A paz é realmente difícil de se alcançar. Imaginei, buscando determinação para cumprir seus objetivos mundanos com maestria. Se eu fosse mais forte, talvez pudesse ter feito algo para ajudar esse povo. Lamentei, conforme uma rápida lagrima se desprendia de meu olho direito, arrastando-se como uma faca pela bochecha, antes de cair no chão, indiferente. Sem som, sem sentido, sem vontade. Tudo aquilo talvez fosse perda de tempo, talvez fosse besteira, talvez não. Com o coração pesado, continuei a seguir a loira lendária, já que ela guiaria o caminho nessa jornada. Caso eu morra, encontrarei a paz que desejo. Orei, esperando pelo pior.


Considerações:
Roupas aqui: Clique
Bolsa de armas presa à cintura, na parte traseira.
Utilizado:
Equipamentos:
Hip-Pouch:
04 Kunais [04]
06 Shurikens [06]
08 Kibaku Fuudas [02]
02 Hikaridamas [02]
02 Kemuridamas [02]
01 Fuuma Shuriken [04]



Última edição por Dharma em 31/10/2017, 17:46, editado 1 vez(es)




Database
Modification
Creation
Bank
Uptade
Techniques
Codes


It's not our fault. We were just being used. We still are. It's the humans' fault.
Ver perfil do usuário

Arlong

avatar
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin

ST: 4 |4 • HP: 1200 | 1200cH:1400 | 1400
O calor corporal e o intenso cansaço tomava conta do corpo do Shinobi, o suor escorria pelo seu corpo ao mesmo tempo que ele buscava fôlego para recompor as energias. Ele parava em meio ao nada e olhava para o céu, algo tinha deixado o rapaz completamente boquiaberto, uma ruptura gigantesca rasgava o céu do país do arroz.
Com sua mascara da ANBU de Kiri, provavelmente faria com que muitos se sentisse ameaçados com sua presença e pensando exatamente nisso, o shinobi a guardou em meios as suas coisas e seguiu caminho para o centro do vilarejo, ele buscaria encontrar algum shinobi de sua vila para assim agrupa-los. A ordem da Mizukage havia sido bem clara para ele, proteger tudo e todos que eram a respeito de KIRI e principalmente voltar com vida.
Depois de encontrar com todos os shinobis de Kiri, Arthur buscaria algum responsável para poder se apresentar e oferecer qualquer tipo de apoio que estivesse em seu alcance. "-Olá, seu um representante de Kiri, fui enviado diretamente pela Mizukage para poder ajuda-los"
Hyorinmaru:
Rank: S 
Descrição:É uma enorme espada que se assemelha a uma Katana, tem um simples enfeite dourado em seu cabo, que é revestido em um tom negro e vai clareando para de azul até chegar ao azul claro, da p/ G o diferencial da espada exatamente nesse detalhe.
Habilidade: Toque Gélido: Graças implementação do poder do usuário, a arma passou a ter uma habilidade um pouco incomum entre as espadas. Com um simples corte ou até mesmo o toque, a espada pode congelar qualquer coisa, até mesmo o próprio chakra. Em harmonia com sue usuário, a espada pode obliterar outras técnicas com Rank inferior ao da espada, no caso... Rank A, congelando-as, mas apenas uma vez por turno. Consumo de 50 de CH quando usada para deter outras técnicas, 
Mascara ANBU



"Desista da ideia de me fazer desistir"
Ver perfil do usuário

Itsuki

avatar
Chūnin
Chūnin
Evento

Após algumas horas de viagem, Itsuki acabava de chegar ao local estipulado pela Mizukage, mesmo com as poucas instruções e falta de informação que lhe foi transmitido aquela era realmente uma coisa na qual ele nunca tinha visto antes, alguma espécie de portão estava no céu aberto a vários metros de altitude. Não dava para ter a certeza se aquele fenómeno estranho se tratava de uma entrada ou de uma saída mas qualquer que fosse a resposta, era muito provável que a pessoa responsável pelo enorme buraco negro no céu fosse algo muito mais forte do que um shinobi normal seria capaz, talvez se trata-se de algo que apenas usuários de alguma habilidade especial fosse capaz mas fora isso não havia muito que pudesse fazer naquela situação, pelo menos não por agora.

– Bem isto não algo que se vê todos os dias...


St: 4/4     HP: 675     CHKR: 700



Ver perfil do usuário

Olly Sivan

avatar
Chūnin
Chūnin
A PARTIDA DA EXPEDIÇÃO!

Eu não conseguia precisar a quantidade de horas que haviam se passado desde o momento que aquele comunicado bateu em minha porta, mas caso levássemos em consideração o cansaço que eu sentia, foram dias. Caralho, eu sou muito exagerado! Minhas pernas não estavam reclamando de dores, e eu ainda poderia continuar por muito mais tempo. O que é...? O céu de fato estava escuro, contudo aquela parte que avistei estava ainda mais empretecida. Não era normal. – Aquilo...? Não acredito...! Boquiaberto, custei a aceitar que a abertura realmente existia. Quando o homem que encontrei mais cedo me alertou sobre uma dada "fenda parecida com um buraco negro", eu ri mentalmente. Pra mim era algo... e não... O que pensar?, perguntei-me.

Descendo à terra, permaneci agachado e de cabeça abaixada por alguns instantes, erguendo-a primeiro do que o restante do meu corpo. Olhando ao meu redor, existiam todos os tipos de gente e todos as bandanas possíveis. Mais um exagero. Não eram tantos assim. – E eu achando que era o único! - Exclamei alto, recordando-me do momento anterior a saída pelos Portões da Nuvem. Então é por ali que entraremos? A imagem do monte de escuridão aumentou dezenas de vezes daquele ângulo. Assustei-me só de imaginar que teríamos de encará-lo. E se ficarmos presos? Essa possibilidade inexistia. – Seja o que Deus quiser! Nesse tipo de situação apelar para o divino era comum, não?

Olly, HP: 625/625; CH: 800/800; ST: 05/05; VEL: 18 m/s.

Taberu (Lendária), RES: 350/350.

Considerações:

Taberu:

Taberu
(Devoradora)

Espécie: Lendária.
Rank: S.
Descrição: Quando mais nada existia, mesmo antes de buracos negros surgirem, de as galáxias se formarem e de poeira cósmica se espalhar, Kūsō, A Personificação do Vazio, sentindo-se afoito pelo escuro da solidão, criou e, mais tarde, conspirou contra as vontades de Sōkū, O Deus de Tudo e Todas as Coisas, de fazer nascer a sua primeira dádiva: Jinsei, o universo como conhecemos hoje, proferindo que somente a existência de seu filho era o suficiente para lhe arrancar o seu título e proporcionar deleite. Insatisfeito, Sōkū e Kūsō formularam a primeira briga de toda a vida, e com ela trouxeram, a cada conflito de suas armas, a criação de centenas de realidades capazes de abrigar diferentes partes das suas personalidades, confrontando até que quase nenhuma delas sobrasse.

Alimentado pela vontade e pelo orgulho, Sōkū acabou vencedor e, como prêmio, recebeu o comando de todo O Primeiro Plano, a realidade em que vivemos, e seu pai, Kūsō, ficou com os cenários difusos, cheios de crises, confusão, escória e nada, absolutamente nada, assim como eram as coisas antes de o nascimento da sua cria. Revendo suas atitudes, arrependeu-se de não usufruir de toda a potência contra O Deus de Tudo e Todas as Coisas e, por isso, desobedeceu o trato que dizia não poder transpassar as barreiras do Segundo Plano, lançando mão da sua presença para conseguir se infiltrar em uma parte do Mundo de Cima e dar um fim a tudo, novamente. Mas as forças resistentes eram muito poderosas e, assim, ao invés de se transportar por inteiro e se vingar, precisou se resumir a uma mera espada violeta, com os seus nove olhos a adornando e vigiando o império de Sōkū, a pior ingratidão que lhe aconteceu.

Agora como uma arma, Kūsō carregava consigo a maior energia vital de todas, possibilitando de amplificar em tamanho e poderio o que viu ser apelidado, pelo humano que a empunhou, de Taberu, A Devoradora. Sorrateira e furtiva, a espada se tornou capaz de adaptar seu feitio a quaisquer que fossem as habilidades de quem a comandasse, justamente porque A Personificação do Vazio era O Pai de Tudo e Todas as Coisas. Esbanjando vigor, aliou-se de maneira ímpar ao seu dono e, finalmente, Kūsō pôde se considerar liberto da solidão que tanto temia e doía, proporcionando ao espadachim um presente divino: o diálogo com o dono da primeira expressão de som já existente, do primeiro eco rebobinado e da maior intensidade sonora conhecida, conduzindo seus adversários a uma temível destruição auditiva.

Hoje, distanciado de ódio e rancor, Kūsō permite ser empunhado com a intenção de destruir todas as partes da personalidade de seu filho, inclusive o próprio manipulador de Taberu, na tentativa de purificá-lo inteiramente do mal que lhe acometeu assim que A Maior das Guerras, o episódio em que Kūsō e SōKū batalham, aconteceu. Quando concluído esse objetivo, A Personificação do Vazio fará com que tudo retorne aos conformes e, por último, desapareça, impedindo todas as coisas de experimentar o que ele um dia experimentou: o escuro da solidão, crises, confusão, escória e nada. Absolutamente nada.

Kūsō, reconhecendo a necessidade de um juramento de fidelidade como garantia da sua servidão, somente se deixou compreender depois de aplicar sobre o peito de seu espadachim um selo escrito em romaji: オメン, ou Omen, que significa "Presságio". Tal marca garantiria a vida do manipulador ao manipulado, tornando-o o armazém de Taberu, A Devoradora, que apenas poderia ser retirada através do selo e do bel prazer daquele que jurou, com a recitação da frase "Transcenda o vazio, e mate o medo: Devore!". Enquanto resguardada no seu portador, a arma consegue ser destruída caso este morra e ela fique a mercê do dano inimigo.

A Devoradora possui um tamanho padrão de sessenta centímetros e uma lâmina absolutamente reta e de um único fio, com uma proteção quadrada e base longa para acomodar as mãos. Sua coloração semeia entre o violeta e o púrpura, e a superfície do corte tem nove íris de coloração verde musgo te observando. A ponta da arma é pouco curvada e, o que diz respeito a sua força, capaz de cortar tudo e todas as coisas. Suas habilidades variam desde manipulações de energias elementares até despertar de técnicas ilusórias afrontosas ou ninjutsus que moldam o chakra no formato de cobras. Como um talento secundário, existe a aptidão de ampliar em tamanho e, consequentemente, poder, podendo duplicar ou triplicar todo o dano e o alcance de suas técnicas. A bainha original da arma é o corpo de seu espadachim, mas há também uma outra, inteiramente preta fosca, para que este não precise se preocupar em devolvê-la para o seu corpo no meio de um combate. Caso o seu manipulador morra, a alma é devorada por Taberu, A Devoradora.

Bolsa de Armas:
 [20] Kunais;
 [10] Shurikens;
 [20] Hyōrōgans;
 [20] Zōketsugans;
 [11] Kibaku Fuuda;
 [25m] Fio;
 [11] Ampolas de veneno.



OLLY KURAMA SIVAN

_
Ver perfil do usuário

Yamiko

avatar
Tsuchikage
Tsuchikage
De onde veio:

Já passava dos limites todo o esforço que a garota estava fazendo para chegar o mais breve possível à Oto. Cansada e suada, chegava à entrada da vila e já podia avistar diversas pessoas, pareciam todas shinobis de outros vilas ocultas. Reparava umas mais que as outras e buscava se distanciar. A pressão de não conhecer ninguém era imensa e a situação atual, que lhe foi relatada por Noah, servia apenas para piorar tudo.

*Parou próxima ao muro e sentiu algo estranho no ar. Era impossível dizer o que poderia estar causando aquilo. Como que por indução, a kunoichi ergueu o olhar para o céu e avistou a ruptura. Boquiaberta, levou a mão esquerda à testa e a passou pela cabeça, levando a mecha da franja junto. Manteve a mão sobre a cabeça, incrédula*

_Estou preocupada demais... Será que foi uma ideia acertada o que fizemos? Sair da vila nesse momento... Eu não devia ter feito isso... Deixei para trás a minha mãe... Devia ter ficado lá... Devia ter pensado em outra estratégia... Que assistente sou eu?

Novamente, ela se mostrava bastante instável emocionalmente, talvez por ser afetada pela depressão que a acometeu profundamente depois da morte de seu pai. Buscando se acalmar, respirava sempre fundo, o que não era muito garantido. Então, antes de cair aos prantos, resolveu simplesmente seguir em frente.

Ao longe, já era possível ver a fronteira entre o País do Redemoinho e o País do Arroz, seu destino. Podia sentir o tempo mais ameno, parecia uma eterna primavera. Deveria ser dali a fama de melhor país para cultivo de arroz em todo o mundo ninja, a razão da riqueza daquela região mais comercial do que propriamente militar.

"O que é aquilo? Uma fenda no espaço-tempo? Um portal dimensional?"

_Tsuchikage-sama...

*Chamou pelo líder da vila para imediatamente depois, se silenciar. Continuou e continuaria observando a ruptura, sem saber o que esperar dali em diante*
Status:

HP: 400/400
CH: 325/325
ST: 4/4
Speed 2 m/s

Bolsa de Armas:

4x Kunai (4)
12x Kibaku Fuuda (3)
20m Fios (4)
6x Senbons (3)
3x Ampolas de Veneno (3)
3x Ampolas de Medicamentos (3)




Narração
_Falas
"Pensamentos"
*Ações*
Lembrete:
HP: 1.625 (400 extra doação)
CH: 3.050 (2.000 extra doação)
ST: 0/7
Vel: 22 m/s

Bolsa de Armas (Juntando a roubada do Naruub)
14x Kunai (14)
32x Kibaku Fuuda ( 8 )
30m Fios (6)
6x Senbons (3)
4x Fūma Shuriken (16)
4x Kemuridama (4)
1x Zōketsugan (1)
3x Ampolas de Veneno (3)
3x Ampolas de Medicamentos (3)
Ver perfil do usuário

Goroima

avatar
Chūnin
Chūnin
J  I  N
800/800 1200/1200 000/400 00/06

A caminhada me levou à Otogakure. Via uma quantidade de gente considerável reunida naquele lugar. Surpreso, porém comedido, resolvi reservar-me e permanecer um tanto quanto distante de todos. Não sabia o que esperar diante tanta coisa. De qualquer modo, estava sempre preparado para entrar em uma luta a qualquer momento.

coisas:
considerações:
Aparência. Tōken na cintura do lado esquerdo. Shibuki nas costas, transversal, direita para a esquerda. tô a uns cem metros aí de geral.   
tōken:
Tōken
Descrição: Uma espada (刀 剣, token) é uma arma longa, laminado utilizado para o combate. Enquanto a maioria das espadas em Naruto estão katana tradicional japonesa, tanto, ou Ninjato, espadas usadas por personagens principais tendem a ter poucas semelhanças com as armas da vida real, como é o caso com os sete espadachins das espadas névoa. Outros espadas que foram introduzidas nas séries têm poderes místicos ou especiais, incluindo Espada de Orochimaru de Kusanagi e a Espada de Totsuka como empunhada por Itachi Uchiha Susanoo.
shibuki:

Shibuki
Rank: S
Descrição: O Shibuki (飛沫, Literalmente significado: Splash) é uma das espadas dos Sete Espadachins da Névoa, empunhada por Jinpachi Munashi. A lâmina utiliza várias marcas explosivas, contidas em um rolo substancial, para incorporar explosões no próprio espadachim do usuário, ganhando o título de "blastword" (爆 刀, bakutō). A própria espada possui dois lados distintos, com uma borda de corte estreita localizada na parte inteira de um comprimento e uma ampla seção de plataforma no outro. O deslocamento acima mencionado se desenrola ao longo deste último lado, deslizando para baixo e descansando sobre sua superfície para formar um segmento individual, composto por numerosas etiquetas explosivas, que se separam do restante após a detonação. Apenas uma vez que o adversário desejado entre em contato com a plataforma, as etiquetas explosivas finalmente inflamam e depois se separam, proporcionando uma pequena oportunidade para o usuário escapar do raio de explosão devastador, ao mesmo tempo em que compensa qualquer recuo resultante. A espada é aparentemente capaz de recarregar outro segmento de tags na plataforma, automaticamente após cada ataque.
armas:
Kunai: 7/7
Shuriken: 4/4
Kibaku Fuda: 8/8
Kemuridama: 2/2
Hikaridama: 2/2
Fio: 10m/10m



Ver perfil do usuário

Tokage

avatar
Chūnin
Chūnin
TOAKGE
525/525 805/805

Após várias horas de viagens, finalmente cheguei ao País do Ferro, onde vários ninjas de todos os continentes juntavam-se em busca de um bem comum. Procurei me orientar o máximo possível sobre o que faríamos e aguardei maiores instruções.

Ver perfil do usuário

Mestre NPC

avatar
Narrador
Narrador


O velho olhou o rosto de tantos ninjas e achou irrelavante falar qualquer coisa inicialmente. Teceu alguns selos mais rápidos que olhos comuns podiam ver e levantou um dos braços descendo-o em grande velocidade. A ruptura se alongou, ficando da altura de um enorme prédio, dando espaço suficiente para todos atravessarem. Então, finalmente, ele falou algo: — Quando e se precisarem voltar, lançem alguma coisa através da ruptura que estará em seu tamanho normal e eu abrirei novamente. Eu não faço a menor ideia do que terá do outro lado tão pouco entrarei, boa sorte.

Restava que todos entrassem.

REGRAS:
Quem quiser desistir, é o momento. Todos que entrarem devem postar aqui: http://www.narutorpgakatsuki.com.br/t55769-rp-mundial-o-outro-mundo#365665

Assim como avisado lá, o w.o para entrada no novo tópico é de 24Hrs. Boa sorte.

Ver perfil do usuário

Carvajal

avatar
Gennin
Gennin
– Muito obrigado. – Disse ante ao responsável por abrir a ruptura. – As coisas lá dentro estão difíceis. – Disse ainda com dificuldades. – Uma outra hora, quando tiver mais experiente, eu voltarei. – Encerrei. Vagaria sem rumo pelo país do Arroz.



Se,

lim
x -> zueira^+ x = +

lim
x -> zueira^- x = -∞

Logo, a zueira não tem limites.
Ver perfil do usuário

Yamiko

avatar
Tsuchikage
Tsuchikage

HP: ❲ 400 • 400 ❳ CH: ❲ 200 • 300 ❳ ST: ❲ 00 • 03 ❳
Nenhum pouco afim de papo com ninguém, assim que deixou a dimensão estranha, seguiu direto na direção de onde tinha vindo, rumando para Iwa, pois queria chegar logo em casa para acabar com tudo aqui.


Considerações:
> Não estou afim de interpretar nada...
Equipamentos:
14x Kunai (14)
32x Kibaku Fuuda ( 8 )
30m Fios (6)
6x Senbons (3)
4x Fūma Shuriken (16)
4x Kemuridama (4)
1x Zōketsugan (1)
3x Ampolas de Veneno (3)
3x Ampolas de Medicamentos (3)
Jutsus Utilizados:




Narração
_Falas
"Pensamentos"
*Ações*
Lembrete:
HP: 1.625 (400 extra doação)
CH: 3.050 (2.000 extra doação)
ST: 0/7
Vel: 22 m/s

Bolsa de Armas (Juntando a roubada do Naruub)
14x Kunai (14)
32x Kibaku Fuuda ( 8 )
30m Fios (6)
6x Senbons (3)
4x Fūma Shuriken (16)
4x Kemuridama (4)
1x Zōketsugan (1)
3x Ampolas de Veneno (3)
3x Ampolas de Medicamentos (3)
Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
Por entre os murmúrios e risadas da espada-tubarão, havia um diálogo entre esta e o homem que a portava sobre o caminho qual deveriam seguir para encontrar a tal Sannin da folha, e namorada de Akemi, Mordred. A criança ficaria aliviada, mas Togata, nem tanto. O que ela outrora dissera sobre a mulher bater em quem a tocasse para fazer a cirurgia ainda o incomodava. Soltou um riso, voltando os olhos para a criança mais uma vez. Ela realmente deve querer protegê-la a todo custo. Pensou.

— Bom, chegamos. — desta vez o tom diferia do normal, era mais sério, pois haviam chegado ao seu destino, ou pelo menos o destino que a espada julgou ser o certo. A ruptura no solo, estática, denotava que era prática de uma técnica amiga, ou talvez inimiga, Mirio não sabia ao certo; seus olhos despertaram, três vírgulas eram a prova disto. Avaliou o portal, ainda sim, não o compreendeu. Ponderou se deveria atravessá-lo, já que Samehada dizia para o fazer. — Ei, Akemi, o que acha de atravessar este portal nada suspeito? — Indagou à companheira que permanecia quieta até o momento. — Ela talvez esteja do outro lado... — suspirou, e comeu outra bala de café.

1750, 2145.
Samehada: 500

Samehada [costas, transversal]
Rank: S
Descrição: Samehada (鮫肌; literalmente significa "Pele de Tubarão"): A mais terrível das sete espadas, que tem a aparência de uma faca gigante coberta de escamas de tubarão. É uma arma viva e consciente. Ela também é chamada de "Grande Espada" (大刀, Daitō).

Akemi Yuki

avatar
Chūnin
Chūnin

CH: 1150/1150 HP: 800/800 ST: 00/05

Dentro do meu peito, criei rupturas que transportavam quaisquer sentimentos adversos, que não fossem os de ternura a Mordred e meus amigos, para longe. Conheci porém, o gosto do amargo sabor da responsabilidade que inevitavelmente me alcançou ao longo do tempo, criança eu ainda era pela idade, mas por dentro eu vivencio o que considero o rito de passagem de amadurecimento. Caminhei sóbria e repleta de pensamentos, mergulhada em memórias de um passado não tão distante. Segui Togata, sem questioná-lo em nenhum momento, confiei no faro da minha amiga, a espada Samehada, para que ela me desse o prazer de reencontrar a pessoa a quem jurei fidelidade e amor, mas a hora da verdade finalmente chegou e eu mais do que depressa me preparei para qualquer situação. A verdade nua e crua era a de que sinceramente, nós seguíamos uma espada rastreadora, mas com o que nos colocaríamos de frente ao término da caçada pouco passava pela nossa cabeça, bem… Pelo menos não pela minha. “Chegamos” disse meu aliado, o que rendeu de mim um suspiro de alívio e lamentação. Olhei ao redor à procura de informações, porém quando avistei aquele portal dimensional, não contive o coração, que bateu fortemente ao som de marteladas. “Sei exatamente onde ela pode estar.” A voz do líder de Konoha me açoitou a mente, “Talvez Mordred-San esteja lá, talvez esteja dentro da fenda.” mais uma vez, o som das falas do Hokage se repetiram, infinitas vezes até que eu fui aturdida pelas palavras de meu professor, mais uma vez, me resgatando de meus devaneios de garota ansiosa. Coloquei o capuz de minhas vestes para conter o balanço de meus cabelos que, embora fossem curtos em relação ao habitual, teimava em me incomodar ao chocarem-se contra meu rosto pálido e sensível, devida a energia a qual o buraco no espaço emanava. Posicionei-me ao lado do homem que viajou comigo, ficando de frente ao portal.

É dela. — Respondi certa, encarando o portal, meus olhos brilharam em tom carmesim, enquanto as três tomoes giraram uma volta inteira, no sentido horário, antes de estabilizar. — Kamui. — Fui seca e objetiva. Eu já havia sentido aquela energia inúmeras vezes, já havia entrado naquele jutsu de corpo e alma várias vezes e, por esse motivo, me atrevi a afirmar que era obra de Mordred. — Vamos, Togata-nii. — Não contive-me e dei um largo passo em direção ao portal, a fenda não me era estranha, talvez eu estivesse errada quanto a veracidade de meus instintos, mas eu tinha fortes razões para confirmar que ao finalmente passar por aquela barreira, estaria mais próxima dela. O Sharingan me fez companhia desde o lado mundano, até o destino incerto que talvez pudesse nos levar ao outro mundo.



Considerações:
Roupas: Aqui
Bolsa de Equipamentos presos à cintura, atrás e do lado direito.

Nota: Enfim, o momento pelo qual a Akemi esperava chegou, muito tempo em on se passou e, ansiedade é normal quando se está prestes a ver alguém que ama e não tem contato há muito tempo. Não é mesmo? Bem, considerando que as duas se conhecem bem, afirmar o portal ser obra do Kamui é natural, porém caso não for bem esse o caso, considere que Akemi está movida pela emoção e que deduziu errado. De qualquer forma, Sharingan nível três ativo, capuz sobre a cabeça e lá vamos nós. Só confirmando antes de passar pelo portal alguns itens relevantes que carrego como adicional: Um saco de balas de café e o pergaminho com as informações para entregar a Mordred estão comigo.
Jutsus Usados:
quote]

Descrição: O Sharingan (写輪眼; "Olho Copiador Giratório") é um Dōjutsu Kekkei Genkai, que aparece em alguns membros do clã Uchiha. Apesar de seus poderes serem vistos pela primeira vez em Kaguya Ōtsutsuki, com o Rinne Sharingan, sua verdadeira forma se manifestou pela primeira vez em Indra Ōtsutsuki, o ancestral mais antigo do clã Uchiha, e mais tarde veio a ser considerado como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳術, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Byakugan e o Rinnegan.[/quote]
Equipamentos:
Kunai: 1 - uma unidade
Shuriken: 10 - dez unidades
Kemuridama: 1 - uma unidade
Hikaridama:  1 - uma unidade
Kibaku Fuuda: 2 - quatro unidades
Ampola: 1 - uma unidade

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado


New World
A viagem de Yoruichi tinha persistido durante muitos dias, viajando entre montanhas e florestas a ninja não apenas vivenciou muita coisa, como aprendeu um pouco a se porta mais fora de sua vila, acostumada com missões apenas nos arredores ou um caminho no máximo até Kumogakure, o país em que estava era totalmente novo, mas pelo seu bom conhecimento, tinha certeza absoluta do que dizia – Estou em Otogakure.

Não apenas seguindo os relatos lido, como observando com os próprios olhos, percebia que as destruições causadas pela besta de nove caudas ainda tinham seus sinais por ali, como tinha vindo a sua viagem em busca de mais relatos e informações sobre a besta, não se permitia ficar apenas nos primórdios do país em que estava e por isso peregrinou, entre dias e dias buscando o máximo de informação, e pistas da luta ali ocorrida.

Enquanto estava a investigar, algo estranho lhe chamou atenção, surgindo no campo de batalha um tipo de fenda vinha a se abrir, não fazia ideia do que era aquilo, mas lembrando dos relatos traçou em sua mente que poderia ser uma fenda semelhante a que a besta surgiu – Impossível – disse para si mesmo, pegando uma de suas espadas e colocando em sua frente, se preparava para o pior, mas depois de um pequeno tempo observando viu que nada acontecia, se afastando e se escondendo por trás de uma grande, mirou observar um pouco mais a fenda, esperando qualquer sinal da mesma.

Esperando por um sinal ficou, envolvida em seus panos para tentar se ocultar ao máximo que possível, observou algo de certo estranho, dois indivíduos chegando ao local, um jovem que se assemelhava ser apenas um pouco mais novo que Yoruichi e uma garotinha que estava envolta de um capuz, pelo seu tamanho, a julgou uma adolescente de no máximo quinze anos, mas poderia estar enganada, Yoruichi nada ali faria, apenas observaria os movimentos de ambos, com a espada em mão apenas como defesa, esperaria uma ação dos mesmo para com o portal.
--//--
Considerações:
Roupa atual aqui, aparência da ficha.
Velocidades mínimas, atenção máxima, basicamente eu cheguei dias antes já que vim investigar o ataque da Kurama e tudo mais, no meio da minha investigação o portal apareceu, fiquei atrás de uma pedra observando ele ai vi Togata e Akemi chegarem, como eu não conheço o portal estou observando as reações de ambos para com o mesmo, ai tomarei uma decisão sobre o que fazer, Tokens está na minha mão direita apenas porque são dois estranhos para mim, estou meio que camuflada graça a roupa e tudo mais, é isso.

Jutsus usados/ativo:
Kanchi no Jutsu(650m) - Inativo
Descrição: A técnica de detecção permite que o sensor tipo shinobi para detectar e rastrear alvos através de suas assinaturas de chakra. A gama de esta técnica varia entre os sensores.
Hip Pouch(60):
10x Ampola
05x Kunai
05x Hikaridama
100m - Fios de Aço
20x - Kibaku  Fuda
05x - Kunai
20x - Senbons
05x - Chakra Recovery
04x - G1 - Mortalo (Antídoto e Gás)
Armas:
Token (2x)
Descrição: Uma espada (token) é uma arma longa, laminado utilizado para o combate. Enquanto a maioria das espadas em Naruto estão katana tradicional japonesa, tanto, ou Ninjato, espadas usadas por personagens principais tendem a ter poucas semelhanças com as armas da vida real, como é o caso com os sete espadachins das espadas névoa. Outros espadas que foram introduzidas nas séries têm poderes místicos ou especiais, incluindo Espada de Orochimaru de Kusanagi e a Espada de Totsuka como empunhada por Itachi Uchiha Susanoo.
HP: 1200 | 1200 CH: 1825 | 1825 Vel 26 | M/S ST: 00 | 07

Itsuki

avatar
Chūnin
Chūnin
Evento

Saindo do portal misterioso, ainda respirando de forma algo irregular devido a estranha adaptação entre dimensões, Itsuki apenas tinha um pensamento naquele momento e este era regressar a casa o mais depressa possível para relatar o que tinha visto. Depois de tudo o que tinha visto naquele lugar, a vontade de ir para um lugar onde podia ter as coisas controladas eram as suas principais preocupações.

– Hora de voltar para casa


St: 4/4     HP: 675     CHKR: 700



Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado

CH: 2145/2145 HP: 1750/1750 ST: 00/05

Do mesmo modo que veio, partiu.



Considerações:
Aparência de Togata Mirio, Boku Hero, traje similar a este, mas sem o capuz.
Bolsa de Equipamentos presos à cintura, atrás e do lado direito.

Nota: aaa
Jutsus Usados:

Sharingan [nv.3]
Descrição: O Sharingan (写輪眼; Lit. "Olho Copiador Giratório") é um dōjutsu kekkei genkai, que aparece em alguns membros do clã Uchiha. Apesar de seus poderes serem vistos pela primeira vez em Kaguya Ōtsutsuki, com o Rinne Sharingan, sua verdadeira forma se manifestou pela primeira vez em Indra Ōtsutsuki, o ancestral mais antigo do clã Uchiha, e mais tarde veio a ser considerado como um dos Três Grandes Dōjutsu (三大瞳術, Sandai Dōjutsu; Literalmente significa "Três Grandes Técnicas Oculares"), juntamente com o Byakugan e o Rinnegan.
Equipamentos:
Kunai: 08 - Oito unidades.
Shuriken: 03 - Três unidades.
Senbons: 09 - Nove unidades.
Kibaku Fuuda: 08 - Oito unidades.

Samehada [costas, transversal]
Rank: S
Descrição: Samehada (鮫肌; literalmente significa "Pele de Tubarão"): A mais terrível das sete espadas, que tem a aparência de uma faca gigante coberta de escamas de tubarão. É uma arma viva e consciente. Ela também é chamada de "Grande Espada" (大刀, Daitō).

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum